PABX 19 3232 4468
contato@pascioloassessoria.com.br
Área Restrita

Nível de incerteza na economia caiu em março, diz FGV

O nível de incerteza na economia brasileira registrou novo recuo em março, segundo indicador da Fundação Getúlio Vargas (FGV). A fundação divulgou nesta segunda-feira (1º/4) que o Indicador de Incerteza da Economia (IIE-Br) caiu 0,7 ponto no último mês e chegou ao patamar de 103,8 pontos, o menor desde julho do ano passado [de 103,5].

O valor foi influenciado especialmente pelas avaliações de analistas, com maior convergência entre as previsões do mercado para a taxa de câmbio nos próximos 12 meses. O índice mede tanto a expectativa do mercado quanto a menção a incerteza econômica na mídia.

"A queda do indicador de incerteza em março foi determinada majoritariamente pelo recuo do componente de Expectativas, que, por sua vez, foi motivado pela redução na dispersão das previsões de mercado para a taxa de câmbio daqui a 12 meses", explicou a economista do Instituto Brasileiro de Economia (IBRE) da FGV, Anna Carolina Gouveia.

Condições são favoráveis
Março registrou a segunda queda consecutiva do índice, que aumentou no início do ano. O componente de Mídia do IIE-Br caiu 0,2 ponto em relação a fevereiro. Já a Expectativa, que mede a dispersão nas previsões de especialistas para variáveis macroeconômicas, recuou 2,4 pontos.

"Novamente, a redução do nível de incerteza reflete os sinais de relativa resiliência da economia brasileira, com mercado de trabalho aquecido, inflação controlada e resultados favoráveis de algumas atividades setoriais nesse início de ano", pontuou a economista. Ela alerta, porém, que as discussões recentes em relação ao ritmo da queda da taxa de juros e o andamento da economia externa podem afetar o índice de confiança nos próximos meses.

Fonte: Correio Braziliense

INFORMAÇÕES ONLINE

Essas informações ajudam os nossos clientes a se manterem atualizados e bem informados à respeito das atualizações da legislação vigente, pagamento de impostos e obrigações diversas, e ainda trazem orientações sobre gestão empresarial.


COTAÇÕES E ÍNDICES

Moedas - 16/04/2024 16:30:00
  • Nome
  • Compra
  • Venda
  • Comercial
  • 5,259
  • 5,259
  • Paralelo
  • 4,950
  • 5,470
  • Turismo
  • 5,130
  • 5,440
  • Euro
  • 5,582
  • 5,590
  • Iene
  • 0,034
  • 0,034
  • Franco
  • 5,756
  • 5,765
  • Libra
  • 6,537
  • 6,541
  • Ouro
  • 402,630
  • 402,630
Mensal - 15/04/2024
  • Índices
  • jan/24
  • fev/24
  • Inpc/Ibge
  • 0,57
  • 0,81
  • Ipc/Fipe
  • 0,46
  • 0,46
  • Ipc/Fgv
  • 0,61
  • 0,55
  • Igp-m/Fgv
  • 0,07
  • -0,52
  • Igp-di/Fgv
  • -0,27
  • -0,41
  • Selic
  • 0,97
  • 0,80
  • Poupança
  • 0,58
  • 0,53
  • TJLP
  • 0,54
  • 0,54
  • TR
  • 0,09
  • 0,01

AGENDA TRIBUTÁRIA

  • IRRF | Imposto de Renda Retido na Fonte.
  • IOF | Imposto sobre Operações Financeiras.
  • Declaração de Débitos e Créditos Tributários Federais Previdenciários e de Outras Entidades e Fundos (DCTFWeb)
  • INSS | Previdência Social.
  • Escrituração Fiscal Digital de Retenções e Outras Informações Fiscais (EFD-Reinf)
  • CIDE | Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico.
  • COFINS/PIS-PASEP | Retenção na Fonte – Autopeças.



   ÁREA RESTRITA

Rua Padre Vieira, 610 - Centro
13015-130 Campinas, SP
PABX 19 3232 4468 | contato@pascioloassessoria.com.br